Rio Iguaçu sobe e chuvas devem continuar em toda região. Situação preocupa

 Rio Iguaçu sobe e chuvas devem continuar em toda região. Situação preocupa

Foto: Anderson Maciel Ferreira

Região Sul do Paraná está em alerta devido a sequência de chuvas entre a madrugada desta quinta-feira (30/05) e a tarde desta sexta-feira (31/05). As chuvas de maio colocam São Mateus do Sul, e região, em situação crítica. A enchente em União da Vitória, ainda, é descartada pela Defesa Civil.

Em São Mateus do Sul, no dia 29/05, às 14h, o nível do Rio Iguaçu na régua de medição estava em 2,72m. Em 48 horas subiu para 3,40m. Ou seja a água aumento 68 centímetros em dois dias. A medição é feita na região da Vila Amaral e, pelo aumento da vazão e sequência de chuvas, a situação coloca os moradores da região em alerta.

Somados os dois dias, foram 150 milímetros de chuva, num terreno já encharcado. O que potencializa o risco de queda de barreiras e deslizamentos. Causa danos aos moradores, por enxurradas, e deixa a região preocupada. Sem contar que, toda esta água desce em direção a União da Vitória.

Por sinal, o município que mais sofre com as cheias do Rio Iguaçu segue em alerta, mas cauteloso. Em União da Vitória o nível do Rio Iguaçu saltou de 3,86m para 4,75m, das 14h do dia 29 de maio até o dia 31 às 14h. De acordo com a Defesa Civil, as casas são atingidas com níveis próximos a 6m. Choveu 135 milímetros nestes dois dias.

A projeção do monitoramento da Copel aponta tendência do nível atingir 5,20 no início da noite de sábado (01/06). Junto disso, os institutos de meteorologia apontam possibilidade de chover até 140 milímetros entre o sábado e o domingo (02/06). Mesmo assim, para subir o nível há outros detalhes geográficos.

Até chegar em União da Vitória, o Rio Iguaçu que nasce na região metropolitana de Curitiba, recebe as águas de diversos rios neste percurso: Potinga, Negro, da Várzea, Canoinhas, Rio Claro e Timbó. O que necessita de uma análise da conjuntura para compreender se o nível vai subir. A chuva no município não interfere diretamente neste contexto.

Enquanto aguardam a estabilidade do tempo, em toda a bacia do Rio Iguaçu, a Defesa Civil e Corpo de Bombeiros de União da Vitória estão de plantão para atender ocorrências e prestar socorro a possíveis atingidos. Contudo, inicialmente as projeções levam ao status de cautela, por prever que o nível não vai atingir 6m.

Da redação com informações da Copel e fotos Anderson Maciel Ferreira

Veja também

Leave a Reply