Dia Internacional Da Mulher

Diferente de outras datas comemorativas, que em geral são criadas pelo comércio, o dia Internacional da Mulher tem raízes históricas e sociais muito profundas e se findou no calendário com um propósito de nos fazer refletir sobre a luta da mulher ao longo da história.

protesto após o incêndio em uma fabrica têxtil em Nova York (EUA)

A data 08 de março foi oficializada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1975, mas ela é comemorada internacionalmente desde 1911 como uma homenagem as vítimas do massacre que aconteceu em 25 de março de 1857 em uma fábrica têxtil em Nova York (EUA) onde policiais queimaram centenas de mulheres operárias que protestavam pedindo a redução da jornada de trabalho (nessa época elas chegavam a trabalhar 12h por dia) e o direito a licença-maternidade.  Desde então, a ideia desta data é a de conservar, reafirmar e promover conquistas e direitos.

Maria Penha Maia Fernandes, vítima de agressão que ficou paraplégica e deu origem a lei Maria da Penha

Atualmente, o Dia da Mulher inclui protestos que marcam outras lutas, como o fim dos feminicídios, da violência contra a mulher e das diferenças salariais, além de um pedido por mais igualdade de direitos entre homens e mulheres. Acima, a foto de Maria Penha Maia Fernandes, cujo caso de agressão deu origem a Lei (11.340), Lei Maria da Penha. (agosto, 2006).

A luta dessas operárias e dos outros grupos de mulheres, como as Sufragistas, que protestavam pelo direito ao voto, foi de extrema importância para a conquista de direitos e liberdade das mulheres do século 20 e 21 que, mesmo tendo grandes desafios devido ao rastro do preconceito e machismo que persiste, ainda expressam importante representatividade dentro de grandes organizações, e são protagonistas de grandes eventos e decisões tomadas no âmbito politico e econômico mundial.

No Brasil, neste dia, além dos protestos e falas sobre o tema em todas as plataformas de comunicação, as mulheres são homenageadas com flores, presentes e jantares pelos seus pais, maridos, namorados, fato que traz grande movimentação para o comércio e alegra a vida de qualquer mulher. Mas vale lembrar que o mais importante é o respeito e a reeducação de comportamentos que possam ser violentos e deselegantes, e que essa data traz consigo não só a comemoração, mas a reflexão sobre a desigualdade, violência e barreiras impostas pela sociedade contra as mulheres, que limitam sua liberdade expressão e o privam do protagonismo social.

Melhor que flores, o respeito.

A todas as mulheres ouvintes do Portal Cultura Sul, um feliz dia da Mulher e uma vida toda de conquistas a vocês!

Da redação com informações do Folha de São Paulo, Estadão e El País.

Mais informações Portal Cultura Sul. confira!

1- Marinha investiga acidente com jet ski que matou dois irmãos em Irineópolis

2- O que mais mata as pessoas ao redor do mundo?

3- Vagas de emprego em São Mateus do Sul / 07 de Março de 2019

Veja também

Leave a Reply