Joia 2019: máquina de fazer gols na base, Kaio Jorge quer deixar de ser promessa no Santos

Kaio Jorge foi um dos seis jogadores promovidos da base do Santos ao elenco profissional em 2018. O atacante ganhou notoriedade por ter sido uma máquina de fazer gols no sub-17. Agora, a nova joia buscará espaço no time de Jorge Sampaoli.

Kaio Jorge foi chamado ao grupo principal pelo então técnico Cuca, em setembro. A promessa ganhou alguns minutos na vitória contra o Athletico, na Vila Belmiro, pelo Brasileirão. Porém, o entrave no primeiro contrato profissional fez com que o atacante não disputasse mais nenhum jogo com a camisa do Santos.

Após muita confusão, o pai do garoto, Jorge Ramos, e a diretoria do Santos entraram em um acordo. Kaio Jorge comemorou, e espera a confirmação de seu empresário, Giuliano Bertolucci, para assinar seu primeiro contrato profissional com o clube.

+ Ler mais notícias do Santos

Santos x Atlético-PR Kaio Jorge — Foto: Reprodução/Instagram

Santos x Atlético-PR Kaio Jorge — Foto: Reprodução/Instagram

Personalidade

Kaio Jorge sempre mostrou personalidade. O pai já contou ao GloboEsporte.com que, aos 12 anos, o menino passava pelo muro do CT Rei Pelé – que tem imagens de diversos ídolos do Santos – e sonhava em ter seu desenho quando fizesse história pelo clube.

– Preciso conquistar a torcida com meu futebol, fazer muitos gols e procurar fazer história para estar no muro do CT Rei Pelé – falou Kaio Jorge.

Kaio Jorge com Carlos Sánchez, em partida contra o Athlético Paranense — Foto: Ivan Storti/Santos FC

Kaio Jorge com Carlos Sánchez, em partida contra o Athlético Paranense — Foto: Ivan Storti/Santos FC

Confiança em Sampaoli

O técnico Jorge Sampaoli já conquistou a confiança da torcida santista e parece que a do elenco também. Kaio Jorge está motivado para trabalhar com o argentino, que assinou contrato com o Peixe por dois anos. As filosofias do comandante e do clube casam. O DNA ofensivo do Santos tem tudo para retornar em 2019.

– Pode esperar um bom trabalho do professor Sampaoli. Ele é um uma pessoa muito inteligente. Tenho certeza que ira nós ajudar muito – disse o centroavante.

Referência divina

Mesmo com personalidade em admitir que tem inspiração em si próprio para se tornar o futuro camisa 9 do Peixe, Kaio Jorge também admira Ricardo Oliveira, centroavante bicampeão paulista pelo clube em 2015 e 2016 e atualmente no Atlético-MG.

Oliveira sempre foi visto como uma referência aos jovens da base, no CT Rei Pelé. O atacante sempre conversava e aconselhava os novos Meninos da Vila, casos de Rodrygo e Yuri Alberto.

– Além de ser um atleta de verdade, ele é uma grande pessoa fora de campo também. Eu admiro muito o jeito dele jogando. Vou continuar trabalhando forte para estar preparado quando chegar nos jogos – explicou.

Concorrência

Kaio Jorge vai disputar vaga em 2019 com Felippe Cardoso, que terminou o ano em alta, Yuri Alberto, outra joia da base, e Eduardo Sasha, que já foi improvisado em algumas oportunidades com Jair Ventura e Cuca.

Além disso, o Santos segue no mercado. O presidente José Carlos Peres já fez uma primeira proposta por Emmanuel Gigliotti, centroavante do Independiente, da Argentina, mas ouviu um “não” dos dirigentes argentinos.

– Estou bem tranquilo em relação a isso. São três atacantes com um grande potencial, vai ser uma disputa sadia. Jogará quem estiver melhor – disse o atacante.

Como está a joia 2018?

GloboEsporte.com acertou a previsão, e Rodrygo explodiu em 2018. O atacante ganhou a titularidade do Santos rapidamente, marcou gols, e conquistou a trocida santista com seus dribles. Ele foi vendido ao Real Madrid em junho deste ano, por 45 milhões de euros (cerca de R$ 173 milhões à epoca).

Veja também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *