Sistema cooperativo apresenta nova plataforma, mantendo relacionamento

0

Nesta terça-feira (20/02), a Cooperativa Sicred trouxe algumas informações sobre os 30 anos de instituição. O evento realizado em São Mateus do Sul, numa reunião com objetivo de passar aos associados à prestação de contas, em assembleia geral, com os cooperados, diretoria e funcionários.

Luiz Roberto Baggio, presidente da cooperativa regional Integração Paraná/ Santa Catarina (PR/SC), e Rafael Augusto Berwig Preis, diretor executivo, comandaram a apresentação. Duas vezes ao ano a organização se reúne para prestação de contas. Também apresentação de relatórios. No caso, ainda, para falar sobre a unidade de São Mateus do Sul, diferença em relação às outras instituições financeiras e de crédito, planejamento pra 2018 e a nova plataforma digital. Isso sem abrir mão de relacionamento personalizado com os cooperados.

Baggio mostrou que o balanço passivo em 2016 foi de R$ 368.406.764,00 e em 2017 de R$ 434.505.264,00, correspondente ao saldo das obrigações devidas. Já no Balanço Ativo, em 2016, foi de R$ 368.406.764,00 e, em 2017, de R$ 434.505.264,00. O balanço patrimonial apresenta os ativos (bens e direitos), passivos (exigibilidades e obrigações) e o patrimônio líquido – resultante da diferença entre o total de ativos e passivos.

O presidente regional disse que a Agência de São Mateus do Sul conta com um total de 3.478 associados, um crescimento de 8% em relação ao ano de 2016. Também faturou R$ 58,7 milhões, acréscimo de 18%, e teve uma operação de crédito de R$ 35,2 milhões. Ou seja , -6% em relação ao ano de 2016.

Entre as ferramentas de mercado, o Fundo de Assistência Técnica, Educacional e Social (FATES) é previsto por lei e se destina à prestação de assistência aos associados. Com os programas (crescer e pertencer, sociais e treinamento e capacitação), a cooperativa teve um empreendimento de R$ 288.716,51.

O gestor regional, também, reforça que a cooperativa está chegando ao “top dos bancos”, em relação ao Banco do Brasil, Caixa, Bradesco e Itaú. Mas relata que a associação sempre está seguindo os seus princípios de querer crescer. “Hoje a nossa associação é uma das organizações melhores de trabalhar, não se referindo a salário mais sim em local bom e agradável, com uma equipe companheira e dedicada, crescendo junto”, disse.

Preis apresentou o planejamento de 2018, em que se prevê mais duas agências. Além de investir no Programa CRESCER , tentar chegar a 30.000 mil associados, que, consequentemente, se relaciona aos 30 anos de história da organização.

Sobre a Plataforma Digital, o executivo salienta que está em fase de implementação. “O lançamento da plataforma digital atende uma demanda em que o nosso sócio vem tendo longo do tempo, hoje no Brasil 57% das transações financeiras realizadas nos bancos e nas cooperativas de créditos. São realizadas na forma do meio digital, então o Sicred precisa acompanhar essa tendência, quando digo tendência preciso fazer uma observação que tem duas razões principais”, explica.

O Sicredi compreende que, 1º, as pessoas querem o meio digital, pois muitos não gostam de ir em agências. Mas outros não querem resolver tudo pelo celular ou computador. O executivo analisa que algumas instituições direcionam as pessoas para o meio digital, diferente da cooperativa. “O Sicred não adota isso”. Também, está priorizando sempre um atendimento pessoal. A plataforma vem com elemento de auxílio e, também, para acompanhar as tendência do mercado.

“Esse ano o Sicred, está começando a Plataforma Digital, que vai se chamar WOOP Sicred. A pessoa que quiser abrir sua conta, pedir seu cartão, contratar o seu consórcio, o seu seguro, tomar uma operação de credito, fazer uma aplicação financeira, contratar uma previdência; poderá fazer tudo pelo seu celular. E não precisa visitar uma agência”.

Essa é a plataforma digital, mas o Sicred, de acordo com Preis, quer ter um vínculo próximo com o associado. “A partir de 15 dias da conta aberta irá entrar em contato com está pessoa, convidando para visitar a agência e para ela participar de uma reunião de boas vindas. Isso para que, também, possamos nos relacionar pessoalmente não só digitalmente”, completa.

Da Redação Portal Cultura Sul FM.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here