ROTAM e RPA encontram drogas, prendem irmãos “comerciantes e comprador”

0

Na noite desta quinta-feira (30/11), assim que iniciou turno de serviço, a equipe de Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam) de São Mateus do Sul foi acionada por denúncia de tráfico de drogas na Vila Boaski. A informação delatava pessoa conhecida do setor de segurança pública, detida na sequência com apoio da Rádio Patrulha (RPA) junto de cliente e irmã na Vila Faty. Com eles, dinheiro, drogas e até pé de maconha.

Ao se deslocar até o endereço informado, a Rotam observou um indivíduo saindo da casa do suposto traficante. Identificado pelas iniciais B.K.M. (22 anos) e portando uma bucha de cocaína, aos policiais o rapaz confessou ter comprado a droga na referida residência de S.S.P. (18 anos), alvo da denúncia informada para a Polícia Militar (PM).

Com autorização de revista, na moradia, a equipe com apoio da RPA notou que S.S.P. retornou dos fundos da casa. Seguindo até este espaço, os policiais encontraram 18 buchas de cocaína e 14,1 gramas de maconha, tudo embalado e supostamente pronto para a venda. Além de balança de precisão, celulares e dinheiro, mais quatro porções de droga foram localizadas em outro cômodo. Diante dos fatos, o indivíduo abordado supostamente confessou o comércio dos entorpecentes por R$ 50, cada embalagem.

Tendo conhecimento prévio de que a irmã do detido, D.S.P. também estaria traficando drogas, a Rotam, junto da RPA, seguiu até a casa da mulher na Vila Faty. Ali avistaram a mesma fora da residência tentando se evadir, com a chegada da polícia e forte odor de maconha. Dentro da moradia, outros 24,7 gramas de maconha foram achados na sala.

A casa, conforme a polícia, possuía um vaso na cozinha. Nele um pé da planta canabis (maconha) com cerca de 50 cm. Ainda, num quarto da habitação estavam outros 24,4 gramas de cocaína. Num guarda-roupa, as equipes encontraram dois celulares, tablet, furadeira, roçadeira e caixa de joias. Além de dinheiro em espécie e moedas. Todos os objetos foram apreendidos, devido à procedência duvidosa.

Os detidos e os materiais foram encaminhados para a 3ª Subdivisão de Polícia Civil (SDP). Antes, os presos passaram pelo atendimento ambulatorial e, a partir da detenção, ficam à disposição da justiça por indício de comércio (tráfico) de drogas.

Da redação com informações e fotos da PM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here