Privatização das refinarias, dutos e terminais coloca em risco abastecimento do país

0

As refinarias podem ser privatizada, promovida por Pedro Parente, sendo que o Estado está preste a perde o controle sobre o refino de petróleo e transporte de derivados, atividades essenciais, que comprometerão o abastecimento do país.

Além da Petrobrás perder o protagonismo em um dos segmentos mais estratégicos da indústria petrolífera, a desnacionalização tornará o Brasil cada vez mais dependente das importações de derivados. Segundo dados da ANP, até novembro, o país já havia importado 207 milhões de barris de derivados em 2017, o maior volume já registrado pela agência. A importação de óleo diesel, o principal combustível comercializado, cresceu 64% em relação ao ano anterior.

O negócio é tão lucrativo que já atraiu para o Brasil mais de 200 empresas importadoras de combustíveis. É em meio a essa conjuntura, que Parente entregou os gasodutos para conglomerados internacionais, abriu o capital da BR Distribuidora e reduziu em mais de 20% a produção do parque de refino. A Rlam, uma das refinarias que está na lista de privatização, processava em 2014 mais de 300 mil barris diários de petróleo e hoje refina cerca de 190 mil, o que representa 51% da sua capacidade instalada.

Os grandes prejuízos que a Petrobrás teve em 2017 são reflexos desse desmonte. O lucro operacional do refino despencou 42%, a produção de derivados caiu 5% e as vendas diminuíram em 6%, levando o caixa da Petrobrás a encolher R$ 18,9 bilhões, em relação a 2016, apesar do consumo de derivados ter crescido 1% no período.

Sem a legitimidade das urnas, Temer e Parente, no curto espaço de dois anos, já comprometeram as seis décadas de esforço da nação brasileira para ter autonomia e protagonismo em uma atividade tão estratégica como é a indústria de petróleo. O país volta a ser dependente das importações, enquanto os golpistas entregam a toque de caixa nossas reservas para as multinacionais, sucateiam e vendem refinarias e dutos, na contramão das grandes nações produtoras de petróleo.

Da Redação Portal Cultura Sul FM, informação Federação Única dos Petroleiros (FUP).

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here