PM atende caso que poderia virar “Novela” em São Mateus do Sul

0

Nesta sexta-feira (13/07) a Polícia Militar (PM) de São Mateus do Sul recebeu uma denúncia anônima uma mulher estaria chegando no município de Curitiba com certa quantidade de entorpecentes.

A informação frisa que a mulher desceu próximo ao chimarrodromo onde tomaria rumo ignorado (onde não se sabe para onde vai). Diante desta informação a equipe policial realizou patrulhamento por toda a extensão de São Mateus do Sul, encontrando a mulher dentro de um carro, junto com dois homens, os quais já estavam saindo com o automóvel quando os policias deram voz de abordagem.

Neste momento a mulher se mostrou muito alterada não acatando as ordens de abordagem dizendo que não era bandida e que estava indo pra casa e que não iria ser abordada, então a guarnição insistiu por diversas vezes na verbalização pra realização da abordagem, neste momento um dos homens saiu do local da abordagem, desobedecendo ao comendo policial.

O suspeito tentou ir em direção a mulher o qual foi contido e algemado para priorizar a segurança da equipe e da sua integridade conforme sumula vinculante de número 11 do STF, nisto a mulher correu para um estabelecimento próximo, entrando no banheiro e trancando a porta.

Os policias adentrou ao banheiro e viu a mulher acionando a descarga do vazo sanitário, então dada voz de prisão, mas mesmo assim estava muito alterada resistindo a prisão, com força física, chutes, socos, pontapés, intimidava o policial dizendo que ela não poderia ser presa e que o policial teria grandes consequências.

Neste momento começou a tentar se mutilar dando socos em seu próprio rosto, o que foi contido pelo policial. Gritava que estava sendo espancada e que estava apanhando da polícia dentro do banheiro do estabelecimento. Neste momento o homem desacatou a equipe gritando porcos, sujos, imundos.

Então os policias receberam apoio da equipe ROTAM que adentraram ao local para ajudar na contenção da mulher que continuava a resistir a prisão com arranhões e chutes, foi tentado uso do dispositivo elétrico incapacitante porem está se esquivou e o disparo não surtiu efeito, neste momento a feminina começou a ofender a POLICAL MILITAR com insultos de origem racial (preta maldita, macaca, volte para a senzala, negra safada, etc).

Com muito esforço a equipe conseguiu algemar a feminina encaminhando está até a viatura policial, os esforços realizados dentro das dependências do estabelecimento comercial foram presenciados pelo responsável pelo local, com uso de uma luva foi conseguido retirar de dentro do vaso sanitário um involucro com certa quantidade de substancia análoga a maconha que posteriormente foi validada em 31,2 gramas.

Em abordagem e o outro masculino este estava com a quantia o qual não sabia informar a procedência e apresentava visíveis sinais de uso de substancia psicoativa, olhos vermelhos, fala arrastada, sonolência porém sem hálito etílico então foi dado voz de prisão por conduzir veículo sob influência de substancia que determine dependência.

O carro foi removido até o pátio da polícia militar, pois apresentava irregularidades. Diante do exposto os autores foram conduzidos até o pronto atendimento conforme ficha de atendimento ambulatorial e posteriormente até a delegacia de polícia de São Mateus do sul para procedimentos cabíveis.

 

Da Redação Portal Cultura Sul FM, informações PM.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here