Flamengo ganha de Emelec de 2×1

0

O que fazer em uma estreia em Libertadores da América? Que tal entrar com o placar adverso, marcar duas vezes e garantir a primeira vitória de seu time na competição? Pois foi isso que Vinicius Junior, com apenas 17 anos, fez contra o Emelec na noite desta quarta-feira, em Guayaquil. Com o pé esquerdo, que não é o bom, calibrado, o jovem entrou, incendiou a partida após Angulo abrir o placar aos 19 minutos do segundo tempo e garantiu o triunfo por 2 a 1 do Flamengo no George Capwell.


Na comemoração, teve direito a óculos escuros durante a festa com os companheiros. E, após o apito final, até os torcedores rivais se renderam e pediram fotos ao lado do atacante.

Com maior volume de jogo e o dobro de chances reais ao longo dos 90 minutos (6 a 3), o Flamengo não aproveitou as oportunidades para ter vida mais tranquila na partida. Mal no jogo, Henrique Dourado perdeu gols no primeiro e no segundo tempo – um deles, digno de Inacreditável Futebol Clube. Carpegiani só mexeu após o Emelec sair na frente em chance isolada de Angulo: aos 21 da etapa final, sacou Éverton Ribeiro para colocar quem seria o grande nome da noite.

 

Além das chances perdidas, o Flamengo não teve um pênalti marcado a seu favor logo no começo do jogo, aos 6 do primeiro tempo. Após lançamento de Diego para Éverton Ribeiro na área, Guagua tocou com a mão na bola e tirou a chance do meia rubro-negro.  “Foi muito pênalti, a bola não passou nem perto da cabeça dele”, disse Renato Marsiglia, comentarista de arbitragem da TV Globo.

Matéria: Globo Esportes

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here