Defesa cochila, e Vasco perde para La U em estreia na fase de grupos da Libertadores

0

A noite era para ser de festa em São Januário. Volta do Vasco à fase de grupo da Libertadores após seis anos, aniversário de Zé Ricardo, casa cheia… Só faltou combinar com o adversário. Com gol de Araos na 2ª etapa, a Universidad de Chile bateu o Cruz-Maltino por 1 a 0 na primeira rodada do Grupo 5 da competição continental.

Com os resultados da rodada, o Gigante da Colina fica em terceiro no Grupo 5, à frente apenas do Cruzeiro, que perdeu de 4 a 2 para o Racing na semana passada. A equipe argentina lidera, seguida da La U.

O Vasco volta a campo pela Liberta no dia 4 de abril, contra o Cruzeiro, em Minas.

O Jogo

Os torcedores vascaínos começaram a partida empolgados com o retorno do clube à fase de grupos do torneio. Mas terminaram vaiando a equipe. Os principais alvos foram Evander, pelos seguidos erros de passes, e Paulão, por não acompanhar Araos em gol.

O 1° tempo começou pegado. Com chegadas mais duras e muitas faltas, a partida iniciou amarrada na intermediária. Até que por volta de 20 minutos a La U começou a gostar da partida e levou perigo ao gol vascaíno em duas ocasiões. A partir daí, o Vasco passou a dar as cartas e pressionar o rival. Quase chegou ao gol aos 35, em cruzamento de Riascos que bateu no travessão.

No intervalo, Zé Ricardo tirou Wagner e retornou para o 2° tempo com Paulinho. O garoto parecia que incendiaria o jogo, participando de duas jogadas de perigo nos primeiros minutos. Mas apagou junto com toda a equipe cruz-maltina logo em seguida. Aos 21, Araos quase abriu o placar, mas Martín Silva salvou. Aos 31, o Vasco bobeou em jogada de lateral, o mesmo Araos ganhou de Paulão e bateu fraco. O goleirão uruguaio, dessa vez, acabou aceitando. Em desvantagem, o Vasco tentou ir para cima, mas teve apenas uma chance clara, aos 44, em cruzamento que atravessou toda a pequena área.

Ex-Vasco e Flamengo, Rafael Vaz fez sua estreia com a camisa da La U nesta terça-feira. Cercado de grandes expectativas, o zagueiro foi um dos grandes personagens da partida. Mostrando disposição, apareceu muito no jogo. Cortou bolas na defesa, com direito até a bicicleta, levou entrada dura de Riascos, fez desarmes, deu suas pixotadas e ainda chegou ao ataque, dando um chute, defendido por Martín Silva no 1° tempo.

Matéria: Globo Esportes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here