Um Sãomateuense e dois Iratienses são mortos em fazenda no estado de Tocantins

0
6627

Dois criminosos invadiram a sede da Fazenda Chalana, às margens da TO-080, entre os municípios de Divinópolis e Marianópolis Tocantins e deixaram mortos e feridos. Três pessoas foram a óbito, uma ficou ferida e não corre risco de vida. O crime ocorreu por volta das 17h, deste domingo (10). O ferido foi encaminhado para o Hospital Regional de Paraíso do Tocantins.

Um dos mortos é morador de São Mateus do Sul e trabalha com uma carreta de transportes Rodinei Kuntz Wagner, 37 anos foi para a cidade local para levar implementos agrícolas .

Segundo a Polícia Militar, a chacina aconteceu depois que duas pessoas chegaram na sede da propriedade atirando nos moradores. Conforme as informações os proprietários da fazenda não estão entre as vítimas. “Eles (criminosos) chegaram e disseram, tem um boi preto na beira da estrada (TO-080) e atiravam no corpo e na cabeça”, disse um militar em entrevista à nossa reportagem.

Foram a óbitos: Artur Antônio Bobrovski, 63 anos, (arrendatário); Rodinei Kuntz Wagner, 37 anos, e, Leandro Fernandez Bobrovski, 38 anos.

Autoridades militares e civis estão acompanhando o caso. A motivação do crime se deve a acerto de contas entre uma das vítimas e fazendeiro de outro Estado.

A Fazenda Chalana é de propriedade do pecuarista Amarildo, tradicional local de acampamento de descanso de tropeiros na Região.

As informações que chegaram para a reportagem do portal Cultura Sul FM são de que Rodinei foi morto por engano já que o alvo eram outras pessoas que estavam no local.

Rodinei é filho do Senhor Arno Wagner que é morador da comunidade do Caitá, os familiares estão providenciando o traslado do corpo para São Mateus do Sul.

Os outros dois mortos são moradores da região de Irati e também serão trasladados para cidade de origem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome