Após requerimento de Bacil, governo informa que plantio de erva-mate embaixo de linhas da Copel deve ser liberado nos próximos meses

0
627

Em resposta ao requerimento do deputado estadual Emerson Bacil, o secretário de Agricultura do Paraná Norberto Ortigara informou que deve ser liberado nos próximos meses o plantio de erva-mate embaixo das linhas de transmissão de energia elétrica da Copel.

O parlamentar havia sugerido a utilização das áreas para cultivo em um documento encaminhado ao governo do Paraná em julho.

Na resposta, Ortigara explicou que estão em andamento as tratativas para formalização de Termo de Cooperação Técnica entre Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (EMATER) e Copel.

O uso das áreas com torres de transmissão de energia já ocorre em âmbito municipal. No programa Cultivar Energia,  locais com a mesma característica são usados para o plantio de hortas comunitárias  –  uma parceria entre Copel e prefeituras.

O pedido do parlamentar sugere que as famílias interessadas no Programa Estadual têm de participar de reuniões de orientação para conhecimento das regras de segurança antes de iniciar o trabalho. Cerca de 37 mil famílias cultivam erva-mate no Paraná.

O requerimento de Emerson Bacil foi aprovado pela Diretoria Legislativa da Assembleia em 1° de julho e encaminhado ao governador Ratinho Jr., ao chefe da pasta da Agricultura Norberto Ortigara, e ao presidente da Copel Daniel Pimentel. A reposta foi emitida no mesmo mês.

“Nesse território, que hoje tem de ser roçado frequentemente, a erva-mate pode ser plantada por ter estrutura baixa. Estamos falando de uma economia viável, com manejo produtivo e sustentável, num ambiente correto, dando mais oportunidade aos produtores que podem aumentar a renda na propriedade com a permissão. Além disso, fomenta-se o setor, que se destaca, sobretudo, nas regiões Sul e
Centro-Sul”, declara o deputado Emerson Bacil.

Matéria: Andressa Tavares

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome