Deputado Emerson Bacil é líder do Bloco da Erva-Mate na Assembleia Legislativa do Paraná

0
14

Lá se vão 165 anos de formação do Paraná, um dos mais preservados e sustentáveis do Brasil e que tem, debaixo da camada verde que compõe a geografia, a erva-mate como produto de história e economia. A criação do Bloco Parlamentar da Erva-mate na Assembleia Legislativa busca dar o suporte de desenvolvimento econômico, por meio de políticas públicas efetivas ao setor.

“A criação do Bloco Parlamentar é de importância fundamental para a construção da política pública para a erva-mate, pois o conjunto de programas e projetos para o setor é ferramenta de execução da política”, observa o Coordenador Estadual de Produção Florestal do Instituto Emater do Paraná, Engenheiro Agrônomo Amauri Ferreira Pinto.

Principal órgão de contato com o meio rural, no elo com o governo paranaense, a Emater tem este respaldo de compreender os anseios. “Para você compreender melhor a questão das políticas públicas poderíamos conceitua-la como o sonho ou desejo da sociedade (do público urbano e rural, da produção básica ou da indústria) em determinado setor ou atividade”, aponta Amauri.

Para tanto, o engenheiro agrônomo cita a importância de deputados, como representantes do povo, na transformação destes anseios em ações de governo, via leis para reger a cadeia produtiva. “Para isso que fui escolhido, em especial por São Mateus do Sul e região, para defender a erva-mate, a fumilcultura e outras atividades agrícolas”, aponta o deputado estadual Emerson Bacil.

foto: Rodrigo Felix Leal

Desenvolvimento Regional

Ouvindo a região, que tem mais de dez mil pequenas propriedades rurais com erva-mate sombreada entre suas principais atividades econômicas, Bacil atuou para criar o Bloco Parlamentar. “Estaremos, ao longo destes quatro anos de mandato, trabalhando pelo desenvolvimento econômico e sustentável deste produto que traz renda ao agricultor e tem potencialidades a serem desenvolvidas”, acrescenta o parlamentar.

Este é o entendimento de João Chavarski, presidente da Associação Vale do Mate e produtor de erva-mate em Cruz Machado. Por saber do conhecimento de Emerson Bacil, de toda a cadeia produtiva – desde o agricultor até o ervateiro e mercado, a liderança do deputado traz confiabilidade à entidade. “Nunca se falou tanto de erva-mate, mas agora precisamos do governo”, explica.

“Faz mais de 100 anos que se produz, mas nunca se teve um apoio”, lamenta Chavarski. A expectativa é de que com a criação do Bloco haja aporte de recursos para investir em pesquisas, com abertura de linhas de crédito ao produtor e ao industrial. Também, ampliação do portifólio de produtos oriundos da erva-mate, na opinião do presidente. “Somos pobres em termos de indústrias.”

Adão Brudnicki Staniszewski, proprietário da ervateira Taquaral, segue o mesmo raciocínio. “Não tivemos, até então, gente tão empenhada”, cita em referência ao trabalho do deputado para instalar o Bloco Parlamentar. De acordo com o ervateiro, há expectativa de que o governo valorize ainda mais o setor, dando suporte tecnológico, de investimentos e respaldo para desenvolvimento econômico da erva-mate.

Credibilidade e novos horizontes

O produtor e presidente da Associação dos Amigos da Erva-Mate de São Mateus (IG-Mathe), Heliton Lugarini, cita a importância do tema. “Se mostra como a principal solução viável, principalmente para a região menos desenvolvida do Paraná, região sul. Além disso, está na hora de termos boas políticas públicas para viabilizar produção e industrialização da erva-mate nessa região”, frisa o presidente da entidade que detém a 1ª Indicação de Procedência (IP) – Indicação Geográfica do produto no Brasil.

Heliton Lugarini destaca a sustentabilidade da erva-mate sombreada que auxilia diretamente “na manutenção e preservação do remanescente de Mata Atlântica do Paraná. Além de auxiliar na regenaração de áreas degradadas”. Para tanto, segundo ele, é primordial o papel do Bloco no sentido de viabilizar o cultivo, a industrialização e a pesquisas. “Sempre focando no apelo sustentável, que é o que nos diferencia das demais regiões produtoras”, acrescenta.

Nesta segunda-feira (10), o parlamentar esteve com o governador Ratinho Jr, que recebeu um kit de erva-mate.

Texto: Sidnei Muran

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome