Abril Laranja: Mês da prevenção contra maus tratos aos animais

A lei 9605/98, art. 32, afirma: Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos é crime”.

0
329

Neste mês, acontece o Abril Laranja, campanha voltada para a prevenção dos maus tratos contra animais, um assunto de extrema importância em nosso país, devido aos inúmeros casos de abuso e descaso contra esses bichos, possível de ser visto todos os dias.

Este mês de prevenção foi instituído pela Sociedade Americana para a Prevenção da Crueldade contra os Animais (ASPCA), que ao perceber a importância do debate sobre o assunto, decidiu dedicar o mês de Abril para sensibilizar, promover ações de conscientização e prevenir a crueldade contra o animal porque muitos deles vivem em péssimas condições de higiene, são torturados, abusados e muitos passam sede e fome.

Desde sua criação, em 2013, a Secretaria Executiva dos Direitos dos Animais já recebeu mais de duas mil denúncia de possíveis casos

Sabemos que a violência contra várias espécies animais acontece em todo lugar, e que esse descaso muitas vezes é cultural, pois a população de forma geral não acredita na importância desta demanda. Isso pode ser explicado até pela arrogância do homem em achar que não devemos perder o tempo com práticas de cuidado aos animais. A vida humana é muito valiosa sim, mas não devemos confundir estas demandas e acreditar que a proteção aos animais anula o debate sobre direitos humanos. Devemos respeitar todas as formas de vida e buscar a proteção para todas elas.

Os animais que vivem na rua são muito marginalizados, e sofrem com o abandono e negligência todos os dias. Ainda existem poucas práticas de vacinação, castração, banho e tosa gratuita para esses animais abandonados, o que gera consequências como o alto índice de doenças e pestes caninas e felinas, principalmente, aumento de reprodução dessas espécies, tornando os centro urbanos superlotado de animais.

No Brasil, é possível realizar denúncia de maus tratos que é legitimada pelo Art. 32, da Lei Federal nº. 9.605/98 (Lei de Crimes Ambientais).

Você pode denunciar no órgão público competente da sua cidade nos seguintes setores: trabalho de vigilância sanitária, zoonoses ou meio ambiente.

Ao realizar uma denúncia é importante levar, se possível, fotos, vídeos, testemunhas, alguma evidência do abuso.

E você também pode denunciar pelo site da Delegacia Eletrônica de Proteção Animal (DEPA).

Fonte: Conselho Regional de Medicina Veterinária do Paraná.

A ASPCA incentiva o uso do laço laranja para simbolizar o amor, carinho, proteção e respeito por todos os peludinhos.

Como colaborar localmente para a manutenção da vida saudável e higiênica dos animais?

Em São Mateus do Sul existem organizações que de dedicam ao cuidado dos animais, e incentivam a adoção, afinal, existem tantos bichinhos abandonados, que podem ser levados gratuitamente e nos dar tanto carinho quanto um animal comprado. O comercio de animais tem recebido duras criticas pelos maus tratos também e pelos preços abusivos aplicados a algumas raças.

A adoção é uma linda forma de começar uma relação com um animal, além de ser sustentável, socialmente benéfico, é uma forma de trazer mais alegria ao nosso lar.

Para quem queira ajudar na diminuição da procriação desses animais, a castração pode ser bastante colaboradora. Há médicos veterinários em nossa cidade que cobram um valor mais acessível para fazer cirurgia em cães de rua.

Adote, cuide, respeite. Todos os animais merecem carinho a cuidado.

Da redação do Portal Cultural Sul FM.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome