Conheça a história do grupo de dança ‘Resgate Gaúcho’

Empenhados na dança gauchesca, sãomateuenses fortalecem a cultura

0
121

Com o principal objetivo de resgatar os valores da cultura Gaúcha, os professores de dança Diego José Vaz Popoaski e Ingrid Wilke Ramos iniciaram os trabalhos no empenho de mostrar as crianças e adolescente que existem outras formas de se divertir, além do mundo eletrônico e tecnológico.

No dia 22 de Agosto de 2015 o grupo de dança “Resgate Gaúcho” nasceu. Nesse primeiro momento ele já teria 12 alunos para dar inicio as aulas. Desde então, é ensaiado ritmos fandangueiros como: Vaneira, chote, bugio, valsa, milonga, chamame, rancheira, marchinha, além de artísticos tradicionais; chote carreirinho, pau de fitas, quero mana, sarrabalho, anú, entre outras.

O grupo Resgate Gaúcho desde o seu princípio, vive de toda solidariedade da comunidade com doações de prêmios para sorteios de rifa ou doações de dinheiro para pagar custos de materiais das aulas ou com a formatura dos alunos. Nos dias atuais, o grupo representa cerca de 110 alunos empenhados no desenvolvimento da cultura gaúcha com faixa etária dos 6 aos 18 anos.

O professor Popoaski destaca que o grupo é muito importante para a sociedade sãomateuense. “Com certeza sei que estamos fazendo o bem, além de trazer um pouco da dança Gaúcha com a diversidade de culturas na cidade, conseguimos tirar os adolescentes do mundo eletrônico, auxiliando-os na questão física, social, emocional e moral” comenta.

As aulas e treinos que duram duas horas de pura dança gauchesca, acontecem no Centro da Juventude em São Mateus do Sul. O projeto é voluntário, sendo que não é cobrado nenhum valor em matrícula ou mensalidade dos alunos.

Durante o ano todos os alunos realizam apresentações em eventos quando convidado, além de organizar o setembro Gaúcho, que conta com Gincana, Roda de Chimarrão, Avaliação Teórica, Avaliações especiais, além do espetáculo Gaúcho em que famílias, alunos, padrinhos e convidados mostram o encanto e a beleza da Cultura Gauchesca.

Para Popoaski, o projeto não possui objetivo de torneio apenas para trazer a cultura. “São Mateus do Sul possui diversas culturas e a gaúcha estava ficando de lado, precisamos fortalecê-la, pois nossa região é forte em rodeios, Ctgs, bailes e a própria influencia dos estados” conta.

De acordo com os professores esse ano de 2019 o projeto promete trazer novidades, conquistando novos alunos, destacando oficina de gaita, dança e sapateio, penteado de prenda e oficina de artesanato. Para essas oficinas, os próprios alunos que já frequentaram o projeto a mais de um ano, que controlam as aulas, com o auxilio dos professores no monitoramento das oficinas.

As aulas voltam dia 09 de fevereiro de 2019 às 16h no Centro da Juventude, crianças e jovens de 6 a 18 anos, estão convidados a fazer parte desta família, maiores informações na Página do Projeto no Facebook: Resgate Gaúcho, ou com o professor Diego no telefone: (42) 9 8809-4718.

Da redação Portal Cultura Sul FM.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome