Mulher é flagrada pichando muro em Porto União

Os policias identificaram os envolvidos e a cidadã, autora do crime, sofreu um Termo Circunstanciado.

0
100

Em patrulhamento a Polícia Militar (PM) de Porto União, avistou quatro jovens de classe média e um deles estaria pichando um muro com a indicação de “FORA BO”. O caso aconteceu nesta madrugada de Domingo (13) por volta das 4 horas.

De acordo com o Jornal Vvale informa que a protestante não gosta do Bolsonaro, só não sabia ou ignorou o fato de que pichar propriedade alheia é crime e que poderia exercer seu direito de outras maneiras e não de madrugada por meio de pichação.

Ainda de acordo com o Jornal Vvale, os policias identificaram os envolvidos e a cidadã, autora do crime, sofreu um Termo Circunstanciado (TC) em seu desfavor e comprometeu-se a comparecer em audiência firmada no fórum. O nome dos envolvidos não foi divulgado pela PM de Porto União.

Cabe lembrar que no Brasil, a pichação é considerada vandalismo e crime ambiental, nos termos do artigo 65 da Lei 9.605/98 (Lei dos Crimes Ambientais), que estipula pena de detenção de 03 meses a 01 ano, e multa, para quem pichar grafitar ou por qualquer meio conspurcar edificação ou monumento urbano. Para denúncias, ligue 190.

Da redação com informações Polícia Militar e Jornal Vvale.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome