Comunidade protesta contra volta de médico que processou hospital

A manifestação, aconteceu no Hospital Imaculada Conceição, de São João do Triunfo.

0
1

A anunciada troca na direção clínica do Hospital Imaculada Conceição, de São João do Triunfo, é recebida de forma atravessada por representantes da sociedade e, teoricamente, servidores. Um protesto pacífico foi organizado na tarde desta segunda-feira (07/01) que questiona retorno de profissional que teria demanda trabalhista contra a própria Casa Hospitalar e, estaria voltado justamente nos mesmos moldes que gerou o processo judicial.

A direção preferiu, inicialmente, não falar sobre o caso. A nova diretoria, também e alvo de questionamento quanto à escolha. A conselheira, Eliane Distéfano Ribeiro, concedeu entrevista à reportagem da rádio e Portal Cultura Sul FM e colocou em xeque o processo eleitoral. Ela alega que não foi feita a ata da escolha de novo corpo diretivo e que assinaturas foram coletadas na sequência. Fatos que os envolvidos ainda não se posicionaram para relatar suas versões.

Outra revolta deflagrada pela conselheira é o retorno do médico Luiz de Lima para a direção e demissão da atual diretora Lindiara Santana Santos, “Tiraram uma médica que estava aqui há dez anos”, reclama. Fatos, também, pendentes de esclarecimento por parte da direção. Na versão da entrevistada seria, apenas, manobra para trazer o diretor clínico anterior e por ela ter se posicionado contra as atitudes da gestão.

“A gente veio aqui para fazer o nosso protesto, de forma pacífica”, aponta a Eliane. Outra entrevistada Ângela Halila. A demissão da diretora clínica, também, é questionada pela conselheira. “Nós queremos a volta da doutora Indiara”, acrescenta.

Ângela Halila

Outro motivo que a conselheira aponta, para o protesto, é de como o médico que processou o Hospital, numa ação trabalhista, agora retorna para a mesma empresa. Ainda mais, segunda sua versão, numa escala de atendimento que é similar ao que levou a demanda jurídica de cobrança frente à Imaculada Conceição.


Essa seria a suposta escala de atendimento que circula pelas redes sociais.

Tanto o médico citado, bem como a direção do hospital não se posicionaram sobre estes fatos. A entrevistada menciona, também, a suposta falta de transparência na eleição da diretoria nova, apenas restrito a divulgação de edital em página na internet. Sobre isso, ainda, os envolvidos não relataram sua versão. Ficando em aberto para as justificativas ou esclarecimentos à reportagem.

A médica Indiara usou a rede social para se pronunciar, em seu perfil no Facebook publicou o seguinte post:

REAL MOTIVO!!!
Amados,
Ontem fiquei sabendo o REAL MOTIVO de minha demissão do Hospital e Maternidade Imaculada Conceição, após 10 anos de serviço. Saio dia 10 e dia 16 o Dr. Luiz de Lima voltará a trabalhar ali. Ele fará até o fim do mês (pasmem!) 10 plantões de 24 horas! A maioria da população está revoltada e perplexa por ter que consultar com ele nestes dias. Os funcionários do Hospital estão, em sua maioria, APAVORADOS por terem de trabalhar novamente com esse médico – pelas condutas e atitudes por eles presenciadas e porque alguns deles, inclusive, foram ameaçados, juntamente com suas famílias por ele. Saio de cabeça erguida porque Deus é testemunha de que o meu erro foi ajudar a defender o Hospital contra uma ação trabalhista absurda em que ele tentou tirar centenas de milhares de reais no ano passado. Eu saio e ele volta. Realmente o mundo não é justo, mas o Deus a quem eu sirvo é Justo e todos aqueles que direta ou indiretamente estão envolvidos nesta história um dia sentirão isso….

A redação aguarda os citados, caso queiram se pronunciar. Até porque, o grupo que protestou demonstra interesse de levar o caso ao Ministério Público (MP).

Em entrevista o Vereador de São João do Triunfo, Pedro Valdir Borges, fala sobre o assunto, “O modo em que as coisas estão acontecendo, talvez somente a justiça pode esclarecer, porém, em uma ação trabalhista que o mesmo ganhou aqui no município (O Vereador fala sobre o Doutor Luiz de Lima), lá em um artigo fala que a carga horaria dele era elevada e agora pelo que estou vendo, o horário dele continua do mesmo jeito que estava sendo de antes, sendo que tem vários doutores aqui que trabalham e é uma falta de respeito com eles, de um cidadão vim e “pegar” 40% dos plantões, eu vejo isso aqui muito errado” comenta.

Vereador Borges

O vereador se orgulha de seu trabalho. (Relembre uma das últimas sessões na câmara de vereadores de São João do Triunfo, quando Borges esclarece alguns fatores importantes do município).

A Reportagem tentou contato com o Doutor Luiz de Lima, mas até o fechamento desta matéria, não obtivemos respostas. Porém, nas redes sociais Lima, postou um esclarecimento de sua volta para o hospital, acompanhe na integra abaixo.

“Fui afastado dos plantões do hospital imaculada Conceição, mas fui o único médico afastado, único que digo, porque alguns demais colegas, incorreram em possíveis problemas como eu, e nada a instituição fez. Mas, o laudo médico do IML do qual diz que não sou culpado, me fez fazer um requerimento a instituição, para retornar a fazer plantões na entidade. Pois, em um hospital estamos para salvar vidas, mas fatalidades ocorrem. De outro lado, colegas que incorreram em mais de um erro e estão sendo denunciados pelo Ministério Público, sequer sofreram processo disciplinar como eu sofri. Portanto busco justiça para não ter minha honra e dignidade manchada, pois a instituição não deve ter parcialidade. Quanto a a ação trabalhista, no próprio requerimento informo que quero devolver a entidade hospitalar, seja em pecúnia ou com prestação dos meus serviços. Busco voltar a fazer plantão no hospital, mais para que minha imagem seja reparada, Ate porque hoje tenho emprego em São Mateus, palmeira e Antônio Olinto. Com esse episódio tem pessoas que me desenharam um monstro, mas não sou nada disso. Isso me motiva a voltar, porque fui prefeito duas vezes, da qual muito contribui para seu desenvolvimento, e não me vejo uma população inteira que me elegeu duas vezes prefeito, bater as portas para uma pessoa que só quer trabalhar honestamente. Por isso, peço a todos, que quando ouvirem sobre o assunto, falarão inverdades, e , portanto estou a disposição para esclarecimentos aos meus amigos e a toda população triunfense. Abraços , Luiz de lima, médico e ex prefeito municipal”.

Da redação com informações e fotos portal Cultura Sul FM

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome