Governadores dos 26 estados e do DF foram empossados nesta terça-feira (1º)

Além do presidente da República, Jair Bolsonaro, 26 governadores de estado e do Distrito Federal tomaram posse ao longo desta terça-feira (1º).

0
10

Além do presidente da República, Jair Bolsonaro, 26 governadores de estado e do Distrito Federal tomaram posse ao longo desta terça-feira (1º).

Os primeiros a assumirem os mandatos eletivos foram os governadores do Amapá, Waldez Góes; do Distrito Federal, Ibaneis Rocha; e de Goiás, Ronaldo Caiado.


Foto: Edilson Dantas /

Em Minas Gerais, Romeu Zema lembrou das dificuldades fiscais enfrentadas nos últimos anos pela população mineira e defendeu reformas para reestruturar o estado.

Outro governador que ressaltou os problemas fiscais enfrentados pelo seu estado foi Wilson Witzel, que assumiu o Estado do Rio de Janeiro. Segundo ele, a nova tarefa “será racionalizar os custos e obter mais recursos para os municípios”.

Em São Paulo, João Doria, fez um discurso pregando a união dos paulistas. O novo governador disse que o estado precisa resgatar sua paixão por fazer bem feito. Doria também defendeu as correntes migratórias de todo o país, lembrando que é filho de nordestino “com muito orgulho”.

Ainda tomaram posse Helder Barbalho, no Pará; Ratinho Jr., no Paraná; Coronel Marcos Rocha, em Rondônia; Mauro Carlesse, em Tocantins; Gladson Cameli, no Acre; Renan Filho, em Alagoas; Wilson Lima, no Amazonas; Rui Costa, na Bahia; Camilo Santana, no Ceará; Renato Casagrande, no Espírito Santo, além de Mauro Mendes, no Mato Grosso.

Também assinaram os termos de posse Reinaldo Azambuja, no Mato Grosso do Sul; Flávio Dino, reeleito no Maranhão; João Azevedo, na Paraíba; Paulo Câmara, em Pernambuco; Wellington Dias, no Piauí; Fátima Bezerra, no Rio Grande do Norte; Eduardo Leite, no Rio Grande do Sul; Antonio Denarium, em Roraima; Carlos Moisés, em Santa Catarina, e Belivaldo Chagas, em Sergipe.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome