Hospital de São João do Triunfo passa por novas ‘reformulações administrativas’

O Hospital Imaculada Conceição de São João do Triunfo, divulgou uma nota, explicando as situações que o hospital enfrenta.

0
540

Nesta quinta-feira (13), o Hospital Imaculada Conceição de São João do Triunfo, divulgou uma nota, explicando as situações que o hospital enfrenta. A nota informa que a entidade passa por novas “reformulações administrativas”, para enfim o melhoramento de todo o Município.

Segundo a nota, o hospital não possui médicos contratados em regime de sobreaviso, por isso passam a dificuldades quando ocorre uma transferência em que o plantão tem que acompanhar o paciente até os hospitais conveniados. “Atualmente quando isso ocorre na maioria das vezes ficamos sem médicos, o que vem trazendo vários transtornos e risco para todos” diz a nota.

O esclarecimento sobre o fato ressalta, que os médicos fazem plantão no hospital, e também trabalham na Prefeitura, ou os que fazem plantões e residem fora, esses médicos sentem dificuldades de entrar em um regime de plantão de sobreaviso, principalmente durante o dia, pois mantem vínculos com demais empregadores.

Segundo o hospital, é necessário reformular a escala, para implantar o regime de escala de plantão de sobreaviso, com médicos que na sua maioria residam no próprio Município, um exemplo que a nota mostra é a médica recém-formada Doutora Larissa Bonvim, que fará parte da nova equipe. “Fazemos isso para dar mais garantia e segurança aos pacientes, e aos profissionais que prestam serviço a esta instituição hospitalar”.

Ainda de acordo com a nota, o Doutor Cleiton, já estava com a saída programada por ele mesmo neste final de ano, e que se fosse ficar, permaneceria dentro do quadro de plantonista. Outro lado é a Doutora Lindara, que será substituída preferencialmente por médicos Triunfense que residem no município, “Mesmo que não mantenham vínculo com a Prefeitura, para ser incluído na escala de plantão e de sobreaviso para janeiro de 2019. Quanto o Doutor Carlos, que prestou relevantes serviços ao hospital e município, permanecerá no quadro de plantão em 2019”.

A nova escala de plantão, agora contará com médico plantonista e médico de sobreaviso, por isso necessário se fez essas alterações. Permanecem os colaboradores Doutor Gilberto, Doutor Renan, Doutora. Larissa, Doutor Carlos, onde segundo a organização, estão em negociações com mais médicos que residem no próprio município.

Por fim a nota explica que terão uma nova modalidade de plantão, “Uma nova modalidade de plantão e sobreaviso, bem como busca profissionais que façam partos de risco habitual, obrigação do Município, conforme orientação da Terceira Regional de Saúde, e, desta unidade hospitalar, da qual leva o nome de Maternidade e terá problemas futuros senão adequar-se com as novas regras legais”, conta.

A nossa reportagem tentou contato com o diretor do hospital, porém até o fechamento da matéria não tivemos retorno.

NOTA NA INTEGRA

O Hospital Imaculada Conceição, vem a Público informar que passa por novas reformulações administrativas, tudo isso para melhorar o atendimento dos pacientes de nosso Município.

Atualmente não temos médicos contratados em regime de sobreaviso, e por isso passamos por dificuldades quando ocorrem uma transferência, em que o plantão tem que acompanhar o paciente até os hospitais conveniados. Atualmente quando isso ocorre na maioria das vezes ficamos sem médicos, o que vem trazendo vários transtornos e risco para todos.

Essa dificuldade ocorre pelo fato de que os médicos que fazem plantão no hospital, e também trabalham na Prefeitura, ou os que fazem plantões e residem fora, sentem dificuldades de entrar em um regime de plantão de sobreaviso, principalmente durante o dia, pois matem vínculos com demais empregadores.

Para isso, necessário se faz uma reformulação na escala, para implantar o regime de escala de plantão de sobreaviso, com médicos que na sua maioria residam no Município, a exemplo da médica recém formada Dra. Larissa Bonvim, que fará parte da nova equipe. A instituição faz isso para dar mais garantia e segurança aos pacientes e aos profissionais que prestam serviço a esta instituição hospitalar.

Importante salientar, quanto ao profissional Dr. Cleiton, sua saída já estava programada por ele mesmo neste final de ano, e que se sua fosse ficar, permaneceria dentro do quadro de plantonista. 

De outro lado a profissional Dra. Lindara, será substituída preferencialmente por médicos Triunfense que residam no município, bem como não mantenham vínculo com a Prefeitura, para ser incluído na escala de plantão e de sobreaviso para janeiro de 2019.

Quanto ao profissional Dr. Carlos, que prestou relevantes serviços a esta instituição hospitalar e ao Município, o profissional permanece no quadro de plantão em 2019.

A nova escala de plantão, agora contará com médico plantonista e médico de sobreaviso, por isso necessário se fez alterações, permanecem os colaboradores Dr. Gilberto, Dr. Renan, Dra. Larissa, Dr. Carlos, e ainda a instituição está em negociação com mais profissionais que residem no Município para entrar na nova modalidade de plantão e sobreaviso, bem como busca profissionais que façam partos de risco habitual, obrigação do Município, conforme orientação da Terceira Regional de Saúde, e, desta unidade hospitalar, da qual leva o nome de Maternidade e terá problemas futuros senão adequar-se com as novas regras legais.

São João do Triunfo, 13 de dezembro de 2018.

HOSPITAL E MATERNIDADE IMACULADA CONCEIÇÃO.
A DIRETORIA

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome